As instituições financeiras exercem actividades específicas distintas que, para além de as caracterizar, permitem classificá-las com base no papel que desempenham. O Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras (RGICSF) divide as entidades financeiras em dois grupos principais:

  • Instituições de Crédito;
  • Sociedades Financeiras.

 

Instituições de Crédito

O RGICSF classifica como Instituições de Crédito (IC):

  • As empresas cuja actividade consiste em receber do público depósitos ou outros fundos reembolsáveis, a fim de os aplicarem por conta própria mediante a concessão de crédito;
  • As empresas que tenham por objecto a emissão de meios de pagamento sob a forma de moeda electrónica.

 

Instituições de Crédito
Bancos Instituições Financeiras de Crédito
Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Instituições de Crédito Hipotecário
Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo Sociedades de Investimento
Caixas Económicas Sociedades de Locação Financeira
Instituições monetárias
(criam Moeda)
Sociedades de Factoring
Sociedades Financeiras para Aquisições a Crédito
Sociedades de Garantia Mútua
Instituições de Moeda Electrónica

 

De entre as Instituições de Crédito, destacam-se os Bancos e as Caixas cuja actividade inclui a recepção de depósitos ou outros fundos reembolsáveis.


Sociedades Financeiras

O RGICSF classifica como Sociedades Financeiras (SF) as empresas que não sejam instituições de crédito e cuja actividade principal consista em exercer uma ou mais das seguintes actividades:

  • Operações de crédito, incluindo concessão de garantias e outros compromissos;
  • Emissão e gestão de outros meios de pagamento;
  • Transacções, por conta própria ou da clientela, sobre instrumentos do mercado monetário e cambial, instrumentos financeiros a prazo, opções e operações sobre divisas, taxas de juro, mercadorias e valores mobiliários;
  • Participações em emissões e colocações de valores mobiliários e prestação de serviços correlativos;
  • Actuação nos mercados interbancários;
  • Consultoria, guarda, administração e gestão de carteiras de valores mobiliários;
  • Gestão e consultoria em gestão de outros patrimónios.

 

São Sociedades Financeiras, entre outras:

  • As sociedades financeiras de corretagem;
  • As sociedades corretoras;
  • As sociedades mediadoras dos mercados monetário ou de câmbios;
  • As sociedades gestoras de fundos de investimento;
  • As sociedades gestoras de patrimónios;
  • As sociedades de desenvolvimento regional;
  • As agências de câmbios;
  • As sociedades gestoras de fundos de titularização de créditos.

 

Instituições Financeiras – Desagregação sectorial

(OEE) - Outras Entidades Equiparadas
Fonte: Adaptado do Boletim Estatístico do Banco de Portugal. Boletim de Julho 2010 e Suplemento nº. 1/2001 ao Boletim de Agosto 2001